Cruzeiro bate o Santos e se aproxima do título; Vettel ganha de novo: confira como foi o fim de semana esportivo

SÃO PAULO - Brasilerão está cada vez mais definido: Cruzeiro derrotou o Santos e tem 13 pontos de vantagem sobre o Atlético-PR. Na Série B, o Palmeiras empatou com o Paraná fora de casa e pode ser campeão na próxima rodada. Sebastian Vettel chega à sétima vitória consecutiva na F-1.  No futebol europeu, a Roma empatou e perde sequência de dez triunfos seguidas. Barcelona, Bayern de Munique, Arsenal e PSG lideram. No tênis, Djokovic fatura Masters 1.000 de Paris. Confira os principais fatos do fim de semana esportivo. 

O Estado de S. Paulo

04 de novembro de 2013 | 07h30

VITÓRIA X CORINTHIANS

O time do

FUTEBOL INTERNACIONAL

A Roma apenas empatou com o Torino em partida válida pela 11.ª rodada do Campeonato Italiano. O time viu sua invencibilidade de dez vitórias seguidas cair, mas segue na liderança, com 31 pontos. O Napoli, que bateu o Catania por 2 a 1, é o segundo, com 28. A Juvenmtus passou pelo Parma (1 a 0) e tem o mesmo número de pontos. No Inglês, o Arsenal manteve a liderança ao vencer o Liverpool por 2 a 0. A equipe de Londres tem 25 pontos. Três time têm 20 pontos: o Chelsea, o Liverpool e o Tottenham. O Manchester City, que goleou o Norwich por 7 a 0 é o quinto colocado, com 19 pontos.

Na Espanha, o Barcelona passou pelo Espanyol na sexta-feira, gol de Alexis Sánchez. O time tem 34 pontos, uma a mais que o Atlético de Madrid. A equipe de Diego Costa fez 2 a 0 no Athletic Bilbao - o atacante fez um dos gols. O Real Madrid, terceiro colocado, fez 3 a 2 no Rayo Vallecano, com dois de Cristiano Ronaldo. Já o Bayern de Munique segue na liderança do Alemão, com 29 pontos. Os atuais campeões da Europa bateram o Hoffenheim por 2 a 1. O Borussia, segundo colocado, goleou o Sttugart por 6 a 1. A equipe tem 28 pontos. No Francês, o PSG segue na ponta. O time fez 4 a 0 no Lorient e marca 28 pontos, dois a mais que o Lille.

FÓRMULA 1

O tetracampeonato antecipado da Fórmula 1 não fez o alemão Sebastian Vettel entrar relaxado em Abu Dabi. Mesmo sem largar na pole position, o piloto da Red Bull superou o companheiro Mark Webber, que terminou em segundo, e faturou mais uma vitória na temporada. Com ó sétimo triunfo consecutivo, ele alcançou a marca do compatriota Michael Schumacher e só está atrás do recorde do italiano Alberto Ascari, que venceu nove seguidas entre 1952 e 1953. O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, completou o pódio. Já a prova nos Emirados Árabes não foi tão boa para o brasileiro Felipe Massa, que terminou na oitava posição. O seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, ficou em 5.º.

TÊNIS

O sérvio Novak Djokovic mostrou sua força e superou o espanhol David Ferrer por 2 sets a 0, com duplo 7/5, no Masters 1.000 de Paris. O sexto título na temporada e 40.º na carreira faz o tenista manter as esperanças de terminar o ano na liderança do ranking mundial. Para isso, terá de defender o título do ATP Finals e torcer por uma queda precoce do espanhol Rafael Nadal, atual número 1. Nas duplas, os irmãos Bob e Mike Bryan superam a parceria formada pelo brasileiro Bruno Soares e pelo austríaco Alexander Peya na final de Paris. A dupla norte-americana fechou a partida pelo placar de 2 sets a 0, com duplo 6/3.

NBA

Anderson Varejão jogou bem, mas o Cleveland Cavaliers acabou derrotado por 89 a 74, fora de casa. Atual bicampeão, o Miami se recuperou da derrota diante do Brooklyn Nets e passou pelo Washington Wizards: 103 a 93. O Philadelphia Sixers bateu o Chicago Bulls por 107 a 104. Já o Portland Trail Blazers fez 115 a 105 contra o San Antonio Spurs.

MARATONA DE NOVA YORK

O queniano Geoffrey Mutai venceu a tradicional Maratona de Nova York, que teve mais de 48 mil corredores nas ruas neste domingo. Um dos principais fundistas da atualidade cruzou a linha de chegada no tempo extra-oficial de 2h08min24s, mais de três segundos mais lento do que o tempo que fez na vitória de 2011. No feminino, a vitória ficou com a queniana Priscah Jeptoo, com o tempo extra-oficial de 2h25min07s. No ano passado, a Maratona de Nova York precisou ser cancelada por conta da passagem do furacão Sandy pela costa leste dos Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.