Cruzeiro goleia a Lusa e carimba o passaporte

O Cruzeiro assegurou ontem vaga na Taça Libertadores de 2009, da maneira que queria: sem precisar disputar a fase prévia do torneio. No Mineirão, o time celeste ganhou da rebaixada Portuguesa por 4 a 1 e, beneficiado pela derrota do Palmeiras para o Botafogo, fechou o Campeonato Brasileiro com a terceira colocação,com 67 pontos, diante de 65 do alviverde.A Lusa até ameaçou estragar os planos da equipe da casa. Saiu na frente no placar, porém não segurou a virada cruzeirense na etapa final. Já rebaixado para a Série B do Brasileiro no ano que vem, o time do Canindé despediu-se da elite do futebol nacional na penúltima colocação, com apenas 38 pontos.O Cruzeiro conquistou sua sétima vitória consecutiva no Mineirão, mas no primeiro tempo não parecia tão determinado a conquistar a vitória. Aos 35 minutos, o experiente lateral Athirson recebeu na área e chutou cruzado, fazendo 1 a 0 para a Lusa. O time mineiro, porém, voltou do intervalo com uma postura completamente diferente e chegou à virada. Fabrício empatou aos 12 minutos e Wanderley - que substituiu Guilherme, lesionado -, fez 2 a 1, aos 14. Logo após esse gol, o técnico Adilson Batista preferiu reforçar a marcação e promoveu a entrada de Elicarlos no lugar de Thiago Ribeiro. Mesmo assim, o Cruzeiro aumentou com dois gols de Fernandinho, ambos em cobrança de pênaltis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.