Ailton Cruz/CSA
Ailton Cruz/CSA

CSA ganha do Novorizontino sob forte chuva em Maceió e se reabilita na Série B

Com gols de Lucas Marques e Rodrigo Rodrigues, time alagoano chega a onze pontos e deixa o Z-4

Redação, Estadão Conteúdo

28 de maio de 2022 | 19h10

Mesmo sob a forte chuva que está devastando a região nordeste do Brasil nestes últimos dias, o CSA conseguiu voltar a vencer na Série B do Brasileiro após três jogos de jejum. Na tarde deste sábado, o time alagoano venceu o Novorizontino, por 2 a 1, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Lucas Marques, de falta, e Rodrigo Rodrigues, de pênalti, marcaram para os donos da casa no primeiro tempo, enquanto Léo Baiano descontou na segunda etapa.

Com o resultado, o CSA chegou aos 11 pontos, deixou o Z-4 e ainda ganhou sete posições e agora está em 10º na tabela. Já o Novorizontino perdeu a chance de entrar no G-4 e deu adeus a uma invencibilidade que já durava quatro jogos. Mesmo com a derrota, o time paulista segue em quinto lugar, com 13 pontos.

A partida começou com o CSA fazendo jus ao fator casa, tendo mais posse de bola e fazendo pressão na área adversária, mas nos 25 primeiros minutos de jogo não conseguiu criar nenhuma chance clara. Tanto que o primeiro gol saiu em uma bola parada. Aos 28 minutos, Lucas Marques bateu falta com precisão, no ângulo, sem chances para o goleiro adversário, que ainda viu a bola resvalar na trave antes de entrar.

Minutos depois, quando o Novorizontino tentava reagir, o CSA foi ao ataque e marcou mais um, desta vez de pênalti, depois de Lucas Barcelos ter sido derrubado na área por Douglas Baggio. O lance ainda foi analisado pelo VAR. Rodrigo Rodrigues foi para a cobrança e não desperdiçou aos 37 minutos.

Na volta do intervalo, a intensidade do duelo caiu um pouco, já que os dois treinadores fizeram diversas mudanças em suas equipes, mas o Novorizontino foi em busca do gol de honra. Aos 10 minutos, depois de uma cobrança de falta, Ronaldo ficou cara a cara com o goleiro e cabeceou firme, mas mandou nas mãos de Marcelo Carné.

Depois de tanto tentar, o gol paulista saiu aos 36. Rômulo pegou a sobra de um escanteio e cruzou na área, onde encontrou Léo Baiano, que desviou de cabeça para o fundo das redes. Já aos 42 minutos, Quirino teve a chance de empatar em um chute de fora da área, mas a bola explodiu na trave.

Os dois times voltam a campo na próxima semana para a disputa da 10ª rodada da Série B. Na quarta-feira, o CSA faz o clássico alagoano contra o CRB, no estádio Rei Pelé, às 21h30. Já no sábado, o Novorizontino recebe o Sampaio Corrêa, no estádio Jorge Ismael de Biasi, às 16h30.

FICHA TÉCNICA

CSA 2 X 1 NOVORIZONTINO

CSA: Marcelo Carné; Lucas Marques (Igor Gomes), Wellington Nascimento, Lugão e Douglas Nascimento; Gabriel (Giva Santos), Felipe Augusto (Ernandes) e Lourenço (Giovane); Marco Túlio (Didira), Rodrigo Rodrigues e Lucas Barcelos. Técnico: Mozart Santos.

NOVORIZONTINO: Giovanni; Felipe Albuquerque (Felipe Rodrigues), Joílson, Ligger e Romário; Jhony Douglas (Léo Baiano), Gustavo Bochecha e Diego Torres (Rômulo); Douglas Baggio, Ronaldo (Quirino) e Ronald (Hélio). Técnico: Alan Aal.

ÁRBITRO: Alisson Sidnei Furtado (TO).

GOLS: Lucas Marques, aos 28, e Rodrigo Rodrigues,de pênalti, aos 37' do primeiro tempo; Léo Baiano, aos 36 minutos, do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS: Didira, Gabriel, Lucão e Rodrigo Rodrigues (CSA) e Diego Torres (Novorizontino).

RENDA E PÚBLICO:  Não disponíveis

LOCAL: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.