Cubanos faturam ouro e prata no tiro com arco individual

Dobradinha de Cuba garante segunda posição no quadro geral para os caribenhos com 38 medalhas

27 de julho de 2007 | 13h02

Os cubanos Adrián Puentes e Juan Carlos Stevens conquistaram ouro e prata, respectivamente, nesta sexta-feira pela manhã na final do tiro com arco masculino, que está sendo disputado no Centro Nacional de Tiro com Arco. O terceiro lugar (e conseqüentemente a medalha de bronze) ficou com o norte-americano Vic Wunderle.Veja também: Quem fica em segundo lugar no Pan? O quadro de medalhasOs detalhes das modalidades em disputa  Wunderle havia eliminado o mineiro Leonardo Carvalho nas oitavas-de-final. Ele venceu ocanadense Jason Lyon por 114 a 109. Cuba conseguiu ultrapassar o Brasil no quadro de medalhas no início da manhã desta sexta-feira. A equipe cubana, formada por Darisleydis Amador, Yulitza Meneses, Lianet Alvarez e Dayexi Gandarela ganhou, na Lagoa Rodrigo de Freitas, a medalha de ouro na canoagem na categoria K4 500m feminino. Na categoria C2 1000m, a dupla brasileira Vilson Nascimento e Wladimir Moreno disputou remada a remada a primeira colocação com Cuba, mas perdeu no final por apenas 1s450.  Com as vitórias dessa sexta-feira, os cubanos somam 38 medalhas, duas a mais do que o Brasil. Matéria ampliada às 14 horas.

Tudo o que sabemos sobre:
tiro com arcoPan 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.