Cuca agora pede ajuda divina para ser campeão

O técnico Cuca, do Cruzeiro, recorreu ontem à esperança de uma ajuda divina ao comentar as chances de o time mineiro levantar a taça de campeão brasileiro. Na reta final do Brasileirão 2010, Cuca disse que se inspira na campanha que livrou o Fluminense do rebaixamento no ano passado. Agora, para continuar na briga pelo título, o Cruzeiro precisa vencer as três últimas partidas e torcer por tropeços de Fluminense e Corinthians.

, O Estado de S.Paulo

20 de novembro de 2010 | 00h00

"Estou acreditando sim, tenho fé no trabalho, tenho muita fé em Deus. Às vezes a gente comete alguns pecados, fala um pouco demais, mas são pecados normais que o ser humano tem. Se puder acontecer alguma coisa aqui para nós, será bem-vinda até da parte divina"", comentou Cuca. "A gente não pode descartar. Falo sempre: no ano passado no Fluminense não fui eu, nem jogadores, nem torcida. Aquilo foi coisa divina para acontecer. E pode acontecer aqui de novo.""

No mundo terreno, porém, Cuca acredita que o Cruzeiro tem uma vantagem: das três equipes candidatas, é a única que faz duas partidas em casa. O próximo adversário é o Vasco, amanhã, às 19h30, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

O meia Montillo treinou ontem, mas ainda não tem presença confirmada na partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.