Cuca agora torce pelos rebaixados

Cruzeiro depende de Goiás e Guarani e técnico diz que as duas equipes podem salvar a honra e o brilho da competição

Eduardo Kattah BELO HORIZONTE, O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2010 | 00h00

O técnico Cuca, do Cruzeiro, resolveu fazer pressão sobre os rebaixados Goiás e Guarani, respectivos adversários de Corinthians e Fluminense na última rodada do Brasileiro. Ele disse ontem que o time goiano e o de Campinas "podem salvar a honra e o brilho de um campeonato inteiro"", numa velada referência às suspeitas de facilitação ou "entrega"" por parte de algumas equipes.

Na terceira posição, o Cruzeiro soma 66 pontos, um a menos que o Corinthians e dois atrás do líder Fluminense. Para levantar a taça, além de vencer o Palmeiras no domingo, em Sete Lagoas (MG), o time celeste depende de tropeço dos adversários diretos na briga pelo título.

Para Cuca, resta ao Cruzeiro fazer sua parte e "passar para Goiás e Guarani a esperança depositada no profissionalismo deles"". Ele disse confiar nos jogadores das duas equipes. "De repente Goiás e Guarani, times, na minha opinião, grandes, podem salvar a honra e o brilho de um campeonato inteiro, fazendo coisas que outros maiores não fizeram"", comentou. "Tenho certeza de que o pessoal lá vai lutar e jogar como se fosse uma decisão, porque todos são profissionais, têm brio."" Cuca foi suspenso por dois jogos pelo STJD. Não pôde ficar no banco na vitória sobre o Flamengo e não deverá estar contra o Palmeiras, a menos que consiga efeito suspensivo. Mas o clube ainda não definiu se fará solicitação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.