Cuca e Juan brigam no Flamengo

O clima esquentou no Flamengo. Irritado com a programação de treinamento, que considerou excessiva, o lateral-esquerdo Juan se desentendeu com o técnico Cuca e abandonou a atividade realizada ontem de manhã, na Gávea. Entrou na sala de musculação e foi aconselhado pelo atacante Adriano a voltar para o treino. Foi o que fez, em seguida, com a cabeça mais fria. Se não fizesse isso, estaria fora do jogo decisivo de amanhã, contra o Internacional, no Estádio Beira-Rio, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O Flamengo precisa vencer ou empatar com gols para avançar na competição, já que não saiu de um 0 a 0 no jogo de ida, no Maracanã, na semana passada. "Eu disse que, se não quisesse treinar, saísse. Depois ele voltou. Até porque, se não voltasse, automaticamente não viajaria para Porto Alegre. Mas retornou e treinou normalmente", declarou o técnico Cuca, visivelmente incomodado com o mal-estar criado pelo lateral-esquerdo. Juan tem um histórico recente de encrencas no Flamengo. Em fevereiro, discutiu de forma áspera com o preparador físico Riva Carli. Num dos jogos da final do Carioca, ele repreendeu com gestos agressivos o meia Maicosuel, do Botafogo, por ter levado um drible desconcertante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.