Cyril Despres conquista o título nas motos no Rally Dakar

Assim como já era esperado, o piloto francês Cyril Despres, 32, sagrou-se neste domingo campeão da categoria motos do Rally Dakar ao terminar a última etapa da competição - 16 km cronometrados ao redor do Lago Rosa - apenas na 56.ª colocação, com o tempo de 11min04s. Essa é a segunda vez que Despres ganha o principal rali do mundo. Ele já havia ficado em primeiro em 2005. Na edição 2007, o atleta europeu ficou 34min19s à frente do segundo colocado, o seu compatriota David Casteu. Já o norte-americano Chris Blais completou o pódio ao terminar em terceiro. O vencedor da etapa deste domingo foi o letão Janis Vinters, que já havia vencido uma vez no nono dia de provas. Ele terminou o percurso com a marca de 8min42s, seguido pelo norueguês Pal Anders Ullevalseter. O terceiro posto foi conquistado pelo português Helder Rodrigues, enquanto que o brasileiro Jean Azevedo ficou em quarto. O piloto paulista, que havia ganho a etapa de sábado, terminou o Dakar no 25.º posto. "Essa vitória (no penúltima prova) me anima a voltar com força total no ano que vem e seguir na batalha para estar entre os cinco primeiros", disse Azevedo. Carlos Ambrósio, que correu pela primeira vez no rali, ficou na 50.ª posição na classificação geral. "Meu objetivo sempre foi o de concluir a prova. Tive uma contusão séria no ombro e cheguei a pensar que seria obrigado a adiar o sonho de correr pela primeira vez o Dakar. Gostaria de dedicar o resultado aos meus familiares e amigos, especialmente ao Sylvio Barros e ao Dimas Mattos, que infelizmente não puderam concluir a prova devido aos acidentes que sofreram ao longo da competição", comentou Ambrósio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.