Daiane dos Santos estréia nova coreografia nesta quinta

A ginasta Daiane dos Santos estreará sua nova coreografia, inspirada na canção "Isto aqui o que é", de Ary Barroso, nos exercícios de solo da etapa de Moscou da Copa do Mundo de Ginástica, nesta quinta e sexta-feira. A ginasta enjoou de Brasileirinho, de tanto que tocou - se exibiu ao som da música por dois anos. A mudança de música passou também por uma tentativa frustrada de usar "País Tropical", de Jorge Benjor. Mas agora, após meses de ensaios no Centro de Excelência da Confederação Brasileira de Ginástica, em Curitiba, Daiane vai mostrar aos jurados internacionais a nova coreografia. ?Está muito boa. Conseguimos deixá-la com a minha cara. Espero ter ótimos resultados, como tive com a anterior?, afirmou a ginasta, antes de seguir para a sua primeira competição internacional da temporada. A etapa russa será nesta quinta e sexta-feira. Daiane fará solo e paralelas assimétricas. O Brasil ainda terá em Moscou Daniele Hypólito (paralelas, trave e salto), Laís Souza (solo, paralela, trave e salto), além da participação do time masculino, com Danilo Nogueira, Adam Soares dos Santos e Caio Costa, de 19 anos, estreante em Copas do Mundo. ?Estou preparado para realizar uma boa competição, é só eu ter calma e concentração que consigo realizar as minhas séries completas?, comentou Caio. Laís disputará seu terceiro torneio internacional no ano. Competiu na American Cup, na Filadélfia (EUA), e na etapa de Cottbus (ALE) da Copa do Mundo, de onde trouxe medalhas de bronze no solo e na trave. ?O importante é o exercício sair bem-feito. É melhor começar com uma nota de partida mais baixa, mas errar o mínimo possível na apresentação para não perder pontos. Se eu escolher uma dupla pirueta no salto, ela tem de sair perfeita. Se não, é melhor fazer uma pirueta e meia?, comenta Laís. Sem competir desde novembro de 2005, após o 9.º lugar na classificação individual geral do Mundial de Ginástica Artística, em Melbourne (AUS), Daniele está de volta, recuperada de uma lesão no ombro direito, que a deixou de fora dos treinamentos por três meses. ?Estava com saudades do clima de competição. Espero obter bons resultados nessas eliminatórias.?

Agencia Estado,

24 Maio 2006 | 17h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.