Daiane dos Santos, sem clube, não compete no Nacional

Daiane dos Santos perderá a última competição antes do Campeonato Mundial de Ginástica, em outubro, na Dinamarca. Desta quinta a domingo, 60 ginastas brasileiros disputam o Campeonato Nacional, em Goiânia, que servirá como ?laboratório? para a principal competição do ano. A gaúcha está sem clube e por isso não disputará o Brasileiro - foi convidada para uma apresentação domingo, que não valerá notas. Há quase um ano Daiane se desligou do Grêmio Náutico União, de Porto Alegre. ?Ela deixou o clube por questões contratuais. Coisas como valores de ajuda de custos mais algumas exigências que ela fez e não foram aceitas?, explica Adriana Alves, coordenadora técnica do Grêmio Náutico União e treinadora de Daiane por oito anos. Segundo ela, a ausência da ginasta será sentida. ?É no mínimo estranho não ter a Daiane competindo. Quando fui fazer a inscrição dos atletas até coloquei o nome dela junto?, lembra.Daiane competiu pelo Grêmio Náutico União até o Brasileiro do ano passado. ?Faz mais ou menos um ano que ela deixou clube e, por isso, acho que assimilei bem a ausência dela. Mas se a Daiane estivesse com a gente eu teria uma equipe feminina - hoje tenho apenas duas garotas na disputa. E certamente pensaria no pódio do solo e nas finais das paralelas?, conclui a coordenadora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.