Dani Pedrosa vence etapa da Malásia da MotoGP

O espanhol Dani Pedrosa venceu neste domingo a etapa da Malásia da MotoGP, realizada no circuito de Sepang, pelo segundo ano consecutivo. O piloto da Honda largou apenas do quinto lugar, mas saltou para as primeiras posições logo na largada e garantiu o seu triunfo ao completar as 20 voltas da prova, disputada sob calor e alta umidade, em 40min45s191.

AE-AP, Agência Estado

13 de outubro de 2013 | 09h17

O também espanhol Marc Márquez, em sua temporada de estreia na MotoGP, completou a dobradinha da Honda ao cruzar a linha de chegada em segundo lugar, a 2s757 do vencedor, após superar o compatriota Jorge Lorenzo em uma dura batalha. O piloto da Yamaha, então, garantiu a terceira colocação a 6s669 de Pedrosa.

Pedrosa assumiu o segundo lugar na largada, atrás apenas de Lorenzo, a quem ultrapassou na quarta volta. Já Márquez, pole position, caiu para a terceira posição, mas depois também superou Lorenzo para garantir o segundo lugar, pois não conseguiu ameaçar Pedrosa.

Segundo colocado no grid de largada, o italiano Valentino Rossi terminou a prova em quarto lugar, a 10s351 do vencedor. O espanhol Álvaro Bautista ficou em quinto e o inglês Cal Crutchlow foi o sexto, à frente do compatriota Bradley Smith. O italiano Andrea Dovizioso, o espanhol Aleix Espargaró e o colombiano Yonny Hernández completaram as 10 primeiras colocações da prova.

O segundo triunfo seguido de Pedrosa na Malásia marca uma recuperação do espanhol após ver as suas chances de títulos serem praticamente encerradas na etapa de Aragão, há duas semanas. O piloto da Honda foi atingido e se machucou em uma acidente com Márquez. O contato entre eles rompeu um cabo do sensor da roda traseira da moto de Pedrosa e afetou o controle de tração, o que causou uma forte queda.

Por causa disso, Márquez foi advertido enquanto a Honda perdeu os 25 pontos da vitória do seu piloto. Pedrosa, que contou com analgésicos para diminuir os efeitos de uma lesão no quadril provocada pela queda, celebrou a vitória.

"Hoje foi um bom dia , a moto estava funcionando bem. Os pneus estavam escorregadios no fim, mas eu estava andando bem. Eu fiquei confortável no fim de semana", disse. "Eu tentei abrir uma vantagem, mas os pneus estavam escorregando muito. Eu queria fazer a melhor volta, mas estava muito quente, sem ar fresco para resfriar o corpo e eu sabia que ia ser uma corrida difícil desde o início", disse Pedrosa.

Márquez não venceu, mas aumentou a sua vantagem na liderança do campeonato. Ele agora acumula 298 pontos, com 43 de vantagem para Lorenzo, o segundo colocado. Assim, pode garantir o seu título na próxima semana, quando será realizada a etapa da Austrália, em Phillip Island.

"Meu início não foi tão bom, mas eu gostei da batalha com Jorge (Lorenzo). Minha meta era terminar na frente de Jorge, e estou feliz que conseguimos isso", disse Márquez, de 20 anos, que venceu seis corridas nesta temporada.

Pedrosa, com o seu terceiro triunfo neste ano, segue na terceira colocação com 244 pontos, mas praticamente fora da disputa pelo título mundial. Há três corridas restantes no calendário com 75 pontos em jogo.

Confira o resultado final da etapa da Malásia da MotoGP:

1º. Dani Pedrosa (ESP/Honda)- 20 voltas em 40min45s191

2º. Marc Márquez (ESP/Honda) - a 2s757

3º. Jorge Lorenzo (ESP/Yamaha) - a 6s669

4º. Valentino Rossi (ITA/Yamaha) - a 10s351

5º. Álvaro Bautista (ESP/Gresini Honda) - a 22s149

6º. Cal Crutchlow (ING/Tech 3 Yamaha) - a 22s301

7º. Bradley Smith (ING/Tech 3 Yamaha) - a 30s864

8º. Andrea Dovizioso (ITA/Ducati) - a 45s111

9º. Aleix Espargaró (ESP/Aspar) - a 59s264

10º. Yonny Hernández (COL/Pramac Ducati) - a 1min01s417

11º. Hiroshi Aoyama (JAP/Avintia) - a 1min03s665

12º. Randy de Puniet (FRA/Aspar) - a 1min14s256

13º. Claudio Corti (ITA/Forward) - a 1min21s603

14º. Héctor Barberá (ESP/Avintia) - a 1min27s976

15º. Colin Edwards (EUA/Forward) - a 1min29s442

16º. Danilo Petrucci (ITA/Ioda) - a 1min29s551

17º. Lucas Scassa (ITA/Cardion) - a 1min47s930

18º. Bryan Staring (AUS/Gresini Honda) - a 1min52s927

Não completaram:

Michael Laverty (IRN/Paul Bird)

Lukás Pesek (TCH/Ioda)

Nicky Hayden (EUA/Ducati)

Damian Cudlin (AUS/Paul Bird)

Andrea Iannone (ITA/Pramac Ducati)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.