Daniele ganha título individual pelo Fla

A ginasta Daniele Hypólito é a mais completa do País, mas as portas da seleção brasileira continuam fechadas para a atleta que será julgada por indisciplina. Hoje, Daniele ficou com o título de campeã individual geral, pelo Flamengo, no Campeonato Brasileiro de Ginástica Olímpica, encerrado em Belém, no Pará. A ginasta ganhou duas medalhas de prata, no salto (9,025 pontos) e nas barras paralelas assimétricas (9,350), e duas de bronze, no solo (9,100) e na trave (8,925). Daniele não ganhou nenhuma medalha de ouro, mas foi a mais efetiva na somatória dos aparelhos, ficando com 36.400 pontos, à frente de Laís Souza (36.275) e de Ana Paula Rodrigues (36.125), ambas da Sanepar. Apesar do resultado, Daniele continuará fora da seleção brasileira por indisciplina e será julgada pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Ginástica (a data será marcada esta semana). Daniele, de 20 anos, abandonou a seleção às vésperas da etapa de São Paulo da Copa do Mundo por discordar da escalação do técnico Oleg Ostapenko. Daniele disse que ficou muito contente por contagiar o público e reconquistar o título que havia ganho em 2003. Chorou, abraçada à presidente da CBG, Viscélia Florenzano, numa reaproximação com a dirigente, mas disse que não pretende pedir desculpas ao técnico Ostapenko. "Não me arrependo do que fiz." Daniele está afastada de todas as competições internacionais importantes da temporada e só poderá voltar á seleção em 2006. Por aparelhos, Laís Souza ganhou duas medalhas de ouro, no salto (9,150) e na trave (9,400). Nas paralelas assimétricas, a campeã foi Ana Paula Rodrigues (9,500). Daiane dos Santos, com o seu Brasileirinho, não fez uma série difícil, mas ganhou o ouro no solo para o Grêmio Náutico União (9,300). Daiane ainda disputou todos os aparelhos - teve inclusive uma queda da trave, na qual não é especialista - para ajudar o seu clube. "Eu não costumo treinar na trave, apenas competi para ajudar o meu clube. Gostei bastante, deu tudo certo, as pessoas em Belém são muito acolhedoras." Na competição masculina, os destaques foram Danilo Nogueira, do Brasil Futebol Clube, de Santos, e Victor Rosa, do Flamengo. Ambos dividiram o ouro como campeões individuais gerais no sábado. Hoje, Danilo venceu nas argolas (9,300) e empatou em primeiro no cavalo com alças com Rogério Pereira (8,900). Sem Diego Hypólito, que está afastado por causa de uma cirurgia na tibia, Victor Rosa ganhou ou no solo (9,217).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.