Daniele Hypólito deixa seleção e volta a treinar no Rio

Ginasta brasileira toma decisão drástica e pode ficar de fora dos Jogos Olímpicos de Pequim

Agência Estado

23 de maio de 2008 | 13h06

Alegando falta de motivação, Daniele Hypólito deixou a seleção brasileira de ginástica, que treina em Curitiba. Ela preferiu voltar para o Rio de Janeiro, onde irá trabalhar ao lado do irmão, Diego Hypólito, nas instalações do Flamengo. Daniele era nome certo na equipe brasileira de ginástica que vai aos Jogos Olímpicos de Pequim, em agosto. Mas, longe do restante da seleção, existe o temor de que o treinamento dela não seja tão bom e acabe prejudicando sua preparação, o que poderia provocar até a sua não convocação para a Olimpíada.Aos 23 anos, Daniele já disputou as duas últimas edições da Olimpíada (Sydney/2000 e Atenas/2004) e é um dos grandes nomes da história da ginástica artística brasileira. Agora, perto da família no Rio, ela espera encontrar motivação necessária para continuar treinando forte e chegar aos Jogos de Pequim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.