Daniele não irá ao Mundial da Austrália

A Confederação Brasileira de Ginástica não fará mais seletivas esse ano - foi em março a única classificatória para a seleção permanente que treina com o técnico Oleg Ostapenko. Com isso, Daniele Hypólito está fora das etapas da Copa do Mundo e do Mundial da Austrália, em novembro. "Não faremos seletivas para cada competição. Temos uma seleção permanente, com 16 ginastas, e elas é que são as convocadas para a temporada. Se a Daniele saiu da seleção está fora", afirmou Viscélia Florenzano, presidente da Confederação Brasileira de Ginástica. "No passado, quando a Daniele estava no Flamengo, fizemos seletivas para torneios, mas não tínhamos esse modelo. Agora é diferente: temos a seleção permanente." Segundo Viscélia, Daniele só terá chance de voltar a seleção em 2006, quando será feita nova seletiva. A dirigente confirmou que a ginasta será julgada, por indisciplina, no tribunal da CBG - Daniele abandonou a seleção na véspera da Copa do Mundo, em São Paulo, por não concordar com a escalação do técnico Ostapenko. BLECAUTE - Um problema com a iluminação do ginásio da Universidade Estadual do Pará deixou as ginastas no escuro e impediu, hoje, a disputa por equipes, no naipe feminino, do Campeonato Brasileiro de Ginástica - ninguém viu os saltos de Daiane dos Santos. As ginastas improvisaram uma apresentação de dança, com apenas parte das luzes acesas, para evitar maior frustração do público que lotou o ginásio. A prova feminina por aparelho, por equipe e individual geral será neste domingo, sem classificatória. Na disputa por equipes masculino uma polêmica, com protestos dos clubes em função da subjetividade das notas, deixou os ginastas Victor Rosa, do Flamengo, e Danilo Nogueira, do Brasil Futebol Clube, empatados como vencedores do Brasileiro (nota 52,975 na somatória do solo, argola, paralelas, cavalo, salto e barras). A maior nota de Rosa foi no salto (9,525) e de Danilo nas barras paralelas (9,375). O Brasil Futebol Clube, de Santos, levou o título por equipes (153,025 pontos), com o Grêmio Náutico União em segundo (151,875) e o Pinheiros em terceiro (149,425).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.