Reprodução/Instagram Sara Romani
Reprodução/Instagram Sara Romani

Darlan Romani retorna ao Brasil com a medalha de ouro e pede mulher em casamento no aeroporto

Campeão mundial indoor no arremesso de peso, atleta desembarca em São Paulo e entrega anel de noivado para sua esposa, Sara Romani

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2022 | 12h03

As conquistas e vitórias de Darlan Romani não acabaram na Sérvia. Campeão mundial no arremesso de peso no sábado, 19, o brasileiro trouxe em sua bagagem, junto com a medalha de ouro, um presente para sua mulher: o anel de noivado e o pedido de casamento.

Ainda durante o desembarque, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, Darlan ajoelhou-se e fez o pedido a sua companheira, Sara Romani, empresária e ex-atleta. O casal já está junto há 10 anos e tem uma filha, Alice, de 6 anos.

"Cheguei no Brasil hoje com uma vitória, uma medalha e finalmente vou poder dar a festa de casamento que meu amor merece e ainda não teve! Eu te amo meu amor. E vai ter churrasco!", postou Darlan em sua conta no Instagram.

A cerimônia ainda não tem data para acontecer, mas deverá ser realizada em período fora de treinamento, provavelmente nas férias do atleta, no último trimestre do ano. Sara, que sempre almejou essa cerimônia, como afirmou Darlan, contou que ela acontecerá em alguma praia, ainda a ser decidida.

A conquista de Darlan também simboliza sua superação, após "bater na trave" no Rio e em Tóquio. Na última Olimpíada, o atleta terminou em quarto, melhor resultado de sua carreira até então. Na ocasião, ficou conhecido no Brasil como "Senhor Incrível", por causa de sua aparência semelhante ao personagem dos filmes da Disney, além de sua simpatia.

Em Belgrado, no Mundial Indoor de Atletismo, Darlan finalmente alcançou o primeiro pódio de sua carreira no principal evento da modalidade. Além da medalha de ouro, também quebrou o recorde sul-americano e da competição, com 22,53m. "Bati na trave tantas vezes, mas agora acertamos e derrubamos este muro aí", contou o atleta.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoDarlan Romani

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.