Wagner Carmo/CBAt
Wagner Carmo/CBAt

Darlan Romani volta a brilhar no arremesso do peso e fatura ouro na Polônia

Brasileiro supera o a estrela da casa, Michal Haratyk, com marca de 22,02 metros

Redação, Estadão Conteúdo

07 de julho de 2019 | 18h18

Em grande fase, o brasileiro Darlan Romani venceu neste domingo a prova do arremesso do peso do Meeting de Gwiazd Bialystok, na Polônia, com a marca de 22,02 metros, superando a estrela da casa, Michal Haratyk, que ficou em segundo lugar, com 21,88m.

Este foi o segundo feito do atleta do Brasil em um intervalo de apenas uma semana. No domingo passado, ele faturou o ouro no arremesso do peso na etapa de Eugene da Diamond League, nos Estados Unidos. Naquela ocasião, o competidor do Esporte Clube Pinheiros quebrou por três vezes consecutivas o recorde sul-americano desta prova.

Darlan Romani terminou a disputa em solo norte-americano com a expressiva marca de 22,61m, que é a 10ª melhor do ranking mundial em todos os tempos. Naquela prova, o catarinense começou arremessando para 21,64m e foi melhorando sua performance com 21,92m, 22,46m, 22,55m e, no quinto arremesso, estabeleceu a nova melhor marca continental com 22,61m.

Ryan Crouser, dos Estados Unidos e líder do ranking mundial, ficou em segundo lugar com 22,17m e Tomas Walsh, da Nova Zelândia, terminou em terceiro com 21,76m. E ao voltar a triunfar neste domingo, na Alemanha, Darlan mostrou de novo que é um grande nome do Brasil neste ciclo olímpico que visa principalmente os Jogos de Tóquio-2020.

Após esta boa sequência de resultados, o brasileiro agora mira a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Lima, de 26 de julho a 11 de agosto, e o Mundial de Atletismo de Doha, no Catar, de 27 de setembro a 6 de outubro.

Darlan, que treina no Centro Nacional de Desenvolvimento de Talentos (CNDA) da CBAt e mora em Bragança Paulista, está participando do Camping Internacional de Treinamento e Competição, em Leon, na Espanha, com o técnico cubano Justo Navarro Despaigne. O camping começou no dia 27 de maio e prossegue até 3 de agosto.

Em outra competição realizada na Alemanha neste domingo, a brasileira Tiffani Marinho venceu a prova dos 400 metros do Meeting de Bottrop com o tempo de 52s78, que é a terceira melhor marca do ano no ranking brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.