Davydenko e Safin lideram a Rússia na final da Copa Davis

Nikolay Davydenko, número 3 do mundo, e Marat Safin, número 26, vão disputar os jogos de simples pela Rússia na final da Copa Davis, contra a Argentina, que será disputada de 1 a 3 de dezembro, em Moscou. Mikhail Youzhny, 24.º do ranking, e Dmitry Tursunov, 22.º, também foram convocados, enquanto Igor Andreev será o suplente."Mikhail já se recuperou de uma lesão no tornozelo, voltou a treinar, e conto com ele para o jogo de duplas", avisou o capitão da Rússia, Shamil Tarpishchev, sobre Youzhny, que marcou o ponto da vitória do país em seu único título da Davis, em 2002, contra a França, representada por Paul-Henri Mathieu.Davydenko estava contundido e ficou de fora do confronto das semifinais, a vitória por 3 a 2 sobre os Estados Unidos em Moscou, no mesmo local do confronto final - com quadra coberta e piso de carpete. Na ocasião, o ponto decisivo foi marcado por Tursunov, que superou Andy Roddick por 3 a 2, com 17/15 no quinto set, que não tem tie-break na Davis.A Argentina, que arrasou a Austrália por 5 a 0 nas semifinais, no carpete de Buenos Aires, deve repetir a escalação desse confronto, com David Nalbandian, oitavo do mundo, Jose Acasuso, Agustín Calleri e Juan Ignacio Chela. A convocação oficial sai nesta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.