Davydenko se dá bem em duelo russo por torneio em Portugal

Com muita disposição e um jogo mais eficiente, o russo Nikolay Davydenko derrotou, nesta quarta-feira, o seu amigo e compatriota Marat Safin por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/1 e 6/2 - e avançou às quartas-de-final do ATP de Estoril, em Portugal, que distribui cerca de 690 mil dólares em prêmios. Cabeça-de-chave número 2 do torneio, precisou de uma hora e 49 minutos para eliminar Safin. Em outros jogos da rodada, dois pré-classificados foram derrotados. O espanhol Albert Portas venceu, de virada, o francês Gael Monfils (cabeça 4) por 2 sets a 1 - parciais de 3/6, 7/6 (7/3) e 6/4 - e o norte-americano Justin Gimelstob bateu o Chile Nicolas Massu (cabeça 7) também por 2 a 1 - parciais de 2/6, 7/6 (7/3) e 6/4. Pela chave de duplas, o brasileiro Flávio Saretta conseguiu a primeira vitória e avançou às quartas-de-final da competição. Ao lado do argentino Gustavo Marcaccio, Saretta passou pela dupla Martín Garcia (Argentina)/Raemon Sluiter (Holanda) por 2 sets a 0 - com parciais de 6/4 e 6/3. Os próximos rivais são o argentino Lucas Arnold e o checo Leos Friedl. Em Munique, na Alemanha, o finlandês Jarkko Nieminen (cabeça-de-chave número 3) ganhou do alemão Alexander Waske por 2 sets a 1 - parciais de 7/6 (7/2) e 6/3 - e se classificou às quartas-de-final. Em outros jogos do dia, o belga Kristof Vliegen venceu o sueco Robin Soderling por 2 a 1 (5/7, 6/3 e 6/2) e o checo Robin Vik eliminou o argentino Juan Monaco por 2 a 1 - parciais de 7/6 (7/3), 4/6 e 6/4.

Agencia Estado,

03 Maio 2006 | 14h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.