Daynara de Paula atinge índice para mundial de natação

O último dia da Tentativa Mundial finalmente classificou uma nadadora brasileira para a disputa do Mundial de Desportos Aquáticos de, em Xangai, em julho. Neste sábado, Daynara de Paula, nadou os 100m borboleta em 58s56 e atingiu o índice da CBDA (Confederação Brasileira de Deportes Aquáticos) para a prova, que é e 58s76.

AE, Agência Estado

23 de abril de 2011 | 19h42

Daynara, jovem atleta do Minas Tênis, é apenas a segunda mulher brasileira a se garantir no Mundial da China. Antes dela, apenas Fabíola Molina, nos 100m costas, havia atingido o índice, primeiro no Pan-Pacífico do ano passado e novamente nesta sexta-feira. A delegação, até aqui, tem 12 atletas.

A Tentativa Mundial, evento no Júlio Delmare sem caráter de competição, serviu como segunda tomada de tempo para os nadadores brasileiros. A terceira e última chance de índice para Xangai virá na primeira semana de maio, no Troféu Maria Lenk.

Nos 50m livre, sem César Cielo, o jovem Bruno Fratus, do Pinheiros, voltou a bater o índice, nadando a prova em 22s10, três centésimos abaixo da marca exigida pela CBDA. Ele já estava garantido no Mundial. Nicholas Santos, do Flamengo, fez 22s29 e só tem agora o Maria Lenk para fazer o tempo.

César Cielo, que já tem índice para o Mundial nos 50m e 100m livre e também nos 50m borboleta, tentou neste sábado se garantir também nos 100m borboleta, prova que ele não costuma nadar em competições de alto nível. Bateu 52s33, acima dos 53s07 exigidos. Só voltará a tentar atingir a marca no Maria Lenk para pontuar para o Flamengo.

Na tomada de tempo dos 100m borboleta, Arthur Mendes Filho, do Pinheiros, conquistou índice para a disputa do Mundial Júnior. A Tentativa foi fechada melancolicamente, com Camila Cuozzo, de apenas 17 anos, nadando sozinha os 800m livre, e apenas Lucas Cruz e Daniel Acosta pulando na piscina nos 1500m livre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.