Daynara leva ouro em GP de Santa Clara de natação; Felipe Lima é prata

O Brasil faturou cinco medalhas no segundo dia do GP de Santa Clara, última das seis etapas do circuito norte-americano agora chamado de Pro Swim. Daynara de Paula ganhou o ouro nos 100m borboleta, Felipe Lima ficou com a prata nos 100m peito e Etiene Medeiros foi bronze nos 50m costas. A competição havia começado na quinta-feira, com duas provas de longa distância.

DEMÉTRIO VECCHIOLI, Estadão Conteúdo

20 de junho de 2015 | 08h50

A vitória de Daynara, do Sesi, veio com o tempo de 58s98, trinta centésimos abaixo da sua melhor marca no ano, feita no Troféu Maria Lenk e que a coloca no 30.º lugar do ranking mundial. As duas norte-americanas que vão nadar a prova nos Jogos Pan-Americanos não competiram em Santa Clara.

Nos 100m peito, Felipe Lima não quebrou a barreira do minuto, mas garantiu a prata com 1min00s66. Quinto do ranking mundial, ficou quase a um segundo da sua melhor marca no ano.

Já Etiene Medeiros deu azar. Na final dos 50m costas, encontrou uma Natalie Coughlin inspirada. A norte-americana, grande nome da delegação que vai ao Pan, bateu o recorde nacional da prova, com 27s51. A brasileira ficou longe de repetir os 27s38 do Maria Lenk e, com 28s20, terminou em terceiro.

MAIS MEDALHAS - Henrique Martins, que não está entre os principais nomes da natação brasileira e sequer vai ao Pan, ganhou o bronze nos 100m borboleta, com a boa marca de 52s56. Como comparação, o índice para os Jogos Olímpicos (o GP não vale como tomada de índice) é 52s36. Kaio Márcio foi o oitavo, com 53s79.

Nono colocado nas eliminatórias, Thiago Pereira não apareceu para nadar a final dos 400m medley - ele também havia se retirado das eliminatórias dos 100m borboleta. Atleta do Minas, também não compôs a equipe que faturou a prata no revezamento 4x100m medley, que teve Ítalo Duarte, Rodrigo Correia, Nicolas Oliveira e Henrique Martins.

Nos 200m livre, o Brasil fez final B com Jessica Cavalheiro (14.ª colocada, com 2min02s12) e com a júnior Maria Paula Heitmann (15.ª, com 2min02s35) e final C com Bruna Primati (26.ª, com 2min03s42). Na prova masculina, Nicolas Oliveira terminou em 13.º lugar (1min50s13) e João de Lucca no 17.º (1min51s16). Rodrigo Correia foi 17.º nos 50m costas (26s74).

PHELPS - O astro Michael Phelps nadou apenas uma final na sexta-feira à noite, terminando no terceiro lugar nos 200m livre, com a marca de 1min49s03. A final feminina, por sua vez, teve Missy Franklin em um histórico terceiro lugar. Campeã mundial em seis provas, recebeu seus primeiros US$ 200 como uma atleta profissional - Missy terminou a universidade este semestre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.