De 4 brasileiros, só um segue no qualifying de Roland Garros

Quatro tenistas brasileiros entraram em quadra, nesta terça-feira, pela primeira rodada do torneio qualificatório para o Aberto de Roland Garros, o segundo Grand Slam da temporada, que começará na próxima segunda-feira. Dos quatro, apenas o paulista Júlio Silva conseguiu vencer e avançar para a segunda rodada. Ricardo Mello, André Sá e Thiago Alves ficaram no caminho. Com muita personalidade, Júlio Silva derrotou o francês Jean-Michel Pequery por 2 sets a 0 - com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4. Na quinta, o paulista terá pela frente o israelense Dudi Sela, que venceu o polonês Lukasz Kubot por 2 a 1 - parciais de 7/5, 4/6 e 6/3. Para entrar na chave principal de Roland Garros, é preciso ganhar três partidas. Nas derrotas dos brasileiros, Ricardo Mello e André Sá perderam de virada. Mello caiu para o holandês John Van Lottum por 2 a 1 - parciais de 3/6, 6/3 e 10/8 - e Sá foi batido pelo argentino Juan Martín Del Potro por 2 a 1 - com parciais de 1/6, 6/4 e 6/3. Thiago Alves teve um desempenho pior e foi derrotado pelo alemão Dieter Kindlmann por 2 a 0 (6/4 e 6/3). Quem jogará nesta quarta, em Roland Garros, é a catarinense Maria Fernanda Alves, a melhor tenista do Brasil, que fará sua estréia no qualificatório feminino. A sua rival será a norte-americana Jessica Kirkland. Assim como o masculino, é necessário passar por três rodadas para entrar na chave principal.

Agencia Estado,

23 Maio 2006 | 15h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.