De olho em recorde brasileiro, Wagner melhora marca

Wagner Domingos chegou da Eslovênia na semana passada, onde passou uma temporada com seu técnico, o esloveno Vladimir Kevo. Sentiu a diferença do clima entre o país europeu e São Paulo - especialmente pelo tempo seco na capital paulista. Mas nem um início de gripe o abalou. Ontem, ele quebrou o recorde do Troféu Brasil no lançamento do martelo, ao marcar 69,62 m. Para a final, hoje, o atleta não esconde o desejo de melhorar também o recorde brasileiro (71,84 m), obtido em junho. "Meu técnico esperava que eu fosse lançar por volta de 68 m na qualificação. Como foi além, estou confiante. Acho que posso chegar a 72 m."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.