De olho no Mundial, Cielo avança com 6º tempo para a final dos 100m no Maria Lenk

Cesar Cielo, que nada pelo Minas, fez o sexto melhor tempo das eliminatórias, com a marca de 49s60, e avançou para a final dos 100m livre neste sábado do Troféu Maria Lenk. O mais rápido da manhã foi João de Lucca (49s17), do Pinheiros. Nicolas Oliveira (49s18) ficou em segundo e Alan Vitória (49s23), em terceiro. A decisão acontece a partir das 17h15 deste sábado.

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2015 | 15h05

A competição pode garantir vaga para os brasileiros no Mundial dos Esportes Aquáticos de Kazan, que acontecerá em agosto. Bruno Fratus, do Pinheiros, que caiu na final B, com o 12º tempo das eliminatórias (50s04), lidera a disputa por um lugar na competição russa, com os números alcançados (48s57) na primeira seletiva, no ano passado. Cielo vem logo atrás com 48s58. Na sequência, aparecem Marcelo Chierighini, com 49s06, e João de Lucca, com 49s07. Matheus Santana e Nicolas Oliveira também têm boas chances na briga por um lugar nos 4x100m livre.

"A gente precisa de gente com 48s e meio. Tenho certeza que eles conseguem. O Marcelo já fez 48s e um lá em Barcelona (Mundial dos Esportes Aquáticos de Barcelona de 2013), quando ficou em quinto. O Matheus, quando ganhou a Olimpíada da Juventude, também. O João pelos tempos que ele fez em Doha, aquelas finais para 48s e baixo", comentou Cielo.

No feminino, a configuração do revezamento 4x100m livre também não mudou. Daynara de Paula, do Sesi/SP, fez o melhor tempo da manhã (55s79). Por enquanto, por marcas conseguidas antes, o time brasileiro no Mundial será formado por Larissa Oliveira (54s68), Graciele Hermann (54s76), Etiene Medeiros (54s99) e Daiane Becker (55s35).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.