De Villiers e Sainz quebram e franceses assumem liderança

O carro dos franceses Stéphane Peterhansel e Jean-paul Cottret assumiu, nesta segunda-feira, o comando da categoria no Rally Dacar após a 9.ª etapa da competição, de 494 km e entre as localidades mauritanas de Tichit e de Néma. Isto aconteceu após a quebra do veículo do sul-africano Giniel de Villiers e do espanhol Carlos Sainz. Os antigos líderes da categoria tiveram problemas no sistema elétrico de seus veículos e ficaram parados a 107 km da chegada. Agora, De Villiers e Sainz estão sendo rebocados por um caminhão de assistência e perderão muitos minutos. Por outro lado, os melhores do dia foram os franceses Jean-louis Schlesser e Arnaud Debron, que completaram o percurso em 5h32min03seg, 13 segundos na frente dos também franceses Luc Alphand e Giller Picard. No entanto, quem assumiu a primeira colocação na classificação geral foram Stéphane Peterhansel e Jean-paul Cottret, que completaram o trecho desta segunda 4min14seg atrás dos primeiros colocados. Porém, na contagem geral eles têm quase oito minutos de vantagem sobre o carro de Alphand, que defende o título na categoria. Hiroshi Masuoka foi o quarto, a 8min38seg de Schlesser, e Nani Roma o quinto (a 14min27seg). Desta maneira, das cinco primeiras colocações da etapa desta segunda, somente a primeira não é da Mitsubishi - Schlesser corre num buggy desenvolvido por ele mesmo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.