De Villiers vence no Dakar e é o novo líder entre os carros

O sul-africano Giniel de Villiers venceu a etapa desta sexta-feira na categoria carros do Rally Dakar. O piloto colocou 2min46seg sobre o segundo colocado, o francês Stephane Peterhansel e 4min50seg sobre terceiro colocado, o espanhol Carlos Sainz. Com o resultado, De Villiers ultrapassou Sainz e é o novo líder da classificação geral. A etapa foi marcada por um fato inusitado. Furioso por perder 10 minutos entalado em uma duna, o português Carlos Sousa deixou seu navegador, Andreas Schulz, para trás e seguiu sozinho na prova. O navegador ficou perdido e sozinho no meio do deserto por mais de uma hora. Encurtada por causa de uma tempestade de areia que comprometia a segurança dos pilotos, a especial desta sexta-feira teve 130 quilômetros transformados em deslocamento por estradas da Mauritânia até Atar. Tetracampeão do rali, o finlandês Ari Vatanen sofreu um acidente. Seu carro pegou fogo no meio da especial, próximo ao quilômetro 344. O piloto e o navegador não tiveram ferimentos graves. Já a dupla Klever Kolberg e Eduardo Bampi teve uma colisão com uma rocha situada no meio da areia fofa rachou o diferencial traseiro. "Ficamos cerca de 3 horas parados, conseguimos ajuda com alguns locais que estavam em uma picape para encontrar a trilha feita pelos veículos de apoio e seguir até a cidade de Choûm. Mas como forçamos muito o carro só com tração dianteira, parece que algo travou e o carro parou de vez. O Bampi seguiu com os locais até Choûm para encontrar nossa equipe de apoio e voltar aqui. Estamos a mais ou menos 200 km de Atar. Tentaremos consertar e seguir até lá", explicou Kolberg, para o site da equipe. Os melhores na classificação dos carros após a etapa desta sexta: 1.º - Giniel de Villiers (Volkswagen/AFS), 4h00min46s; 2.º - Stephane Peterhansel (Mitsubishi/FRA), 4h03min32s; 3.º - Carlos Sainz (Volkswagen/ESP), 4h05min36s; 4.º - Hiroshi Masuoka (Mitsubishi/JAP), 4h11min04s; 5.º - Nasser Al-Attiyah (BMW/CAT), 4h12min30s. Atualizado às 16h55

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.