Decisão nas oitavas, com o Atlético, será no Pacaembu

Em meio aos dois jogos finais do Campeonato Paulista, o Corinthians terá pela frente um importante e decisivo compromisso, que pode provocar uma grande dor de cabeça no técnico Mano Menezes. Certamente, o treinador pensará bastante se valerá a pena poupar alguns titulares na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Atlético Paranaense, quarta-feira (dia 29), na Arena da Baixada. O motivo: quatro dias depois, o Corinthians enfrenta o Santos, no Pacaembu, na finalíssima do Paulista. O exemplo pode vir do próprio rival. O time santista foi eliminado da competição pelo CSA, na quarta-feira, muito em função de ter entrado em campo sem sua força máxima, já que estava com a atenção voltada para o rival de amanhã. Resultado: o Santos perdeu por 1 a 0, na Vila Belmiro, depois de ter empatado sem gol em Alagoas. Está fora do caminho mais curto para a Libertadores. Dissabor que o Corinthians trata de espantar, já que decide em casa, no 6 de maio, a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. As datas de todos os jogos válidos pelas oitavas de final foram definidas ontem, após sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio. Outro clube de São Paulo, a Ponte Preta, também define a vaga em seu campo. Mede forças com o Americano, na próxima quarta-feira, em Campos, e faz o jogo de volta em 5 de maio (terça-feira à noite), no Estádio Moisés Lucarelli.Fluminense x Goiás; Internacional x Náutico; Atlético-MG x Vitória; Coritiba x CSA; Fortaleza x Flamengo; e Icasa x Vasco são os outros confrontos. Flu, Inter, Atlético-MG, Coritiba, Fortaleza e Icasa têm a vantagem de realizar a última partida em casa. Nesta fase, ao contrário das duas primeiras, não existe eliminação se o visitante vencer o jogo de ida por, no mínimo, dois gols de diferença. O segundo jogo é obrigatório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.