GUILLAUME HORCAJUEL/OEFE
GUILLAUME HORCAJUEL/OEFE

Démare vence etapa da Volta da França com acidente por cotovelada em Cavendish

Disputa em Luxemburgo teve um sprint caótico

Estadão Conteúdo

04 de julho de 2017 | 14h22

A quarta etapa da Volta da França, disputada em um percurso de 207,5 quilômetros entre Mondorf-les-Bains, em Luxemburgo, e Vittel, foi vencida nesta terça-feira pelo local Arnaud Démare após um caótico sprint em que Mark Cavendish se acidentou, o que até ofuscou o resultado desse estágio.

As imagens do acidente mostram o eslovaco Peter Sagan acertando uma cotovelada em Cavendish, que atinge as barreiras à sua direita. Na sequência da queda do britânico, então, outros dois ciclistas também vão ao chão - Ben Swift e John Degenkolb.

Sagan ainda cruzou a linha de chegada em segundo lugar, mas recebeu uma punição de 30 segundos, que o relegou ao 115º lugar na classificação da etapa desta terça-feira. E isso também o fez cair da segunda para a 15ª posição na classificação geral.

Posteriormente, Sagan se desculpou com Cavendish, que precisou receber atendimento médico, tendo bastante sangue em sua camiseta. Além disso, o seu braço direito era segurado com bastante cuidado, enquanto uma atadura foi colocada na sua mão direita.

A vitória de Démare foi a primeira de um francês nesta edição da principal prova do ciclismo mundial, sendo assegurada com o tempo de 4h53min54. E ele já havia passado perto de triunfar em uma etapa neste ano, pois foi o segundo colocado no segundo estágio, ganho pelo alemão Marcel Kittel.

O belga Guillaume van Keirsbulck realizou um ataque inicial, chegou a abrir sete segundos de vantagem, mas acabou sendo alcançado pelo pelotão a 17 quilômetros do fim do término do estágio.

Com a punição a Sagan, o norueguês Alexander Kristoff fechou a quarta etapa da Volta da França em segundo lugar, logo à frente do alemão Andre Greipel no estágio iniciado na cidade natal de Andy Schleck, o campeão da edição de 2010 da prova.

Um outro acidente atrasou a chegada de Geraint Thomas, tanto que o britânico concluiu a etapa na 115ª colocação, mas ele sustentou a liderança da classificação geral da Volta da França com um tempo total de 14h54min25 e uma vantagem de 12 segundos para o compatriota Chris Froome, seu companheiro na equipe Sky e três vezes campeão da prova, na segunda posição. A vantagem é a mesma para o australiano Michael Matthews, o terceiro colocado. Já Sagan agora está a 43 segundos de Thomas.

A quinta etapa da Volta da França será disputada nesta quarta-feira entre Vittel e La Planche des Belles Filles, com um percurso de 160,5 quilômetros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.