Deola faz a torcida esquecer Marcos. Por enquanto

A missão é difícil, mas aos poucos Deola tem conseguido cumpri-la com determinação: levar segurança ao gol do Palmeiras, na vaga do lesionado Marcos. O ex-titular e ídolo da torcida se machucou em setembro, contra o Cruzeiro, e nos 20 jogos seguintes Deola foi titular em 18 deles - Bruno jogou apenas nos dois últimos confrontos do Brasileiro, quando Felipão escalou os reservas. "É minha maior sequência no clube", vibra Deola, que teve de ser emprestado várias vezes até conquistar espaço com a camisa alviverde.

Daniel Akstein Batista, O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2010 | 00h00

O goleiro está ansioso para levar o time até a Sul-Americana e deve ser titular até o fim - dificilmente Marcos jogará na temporada. E hoje Felipão se viu obrigado a mudar a equipe. Com Valdivia machucado, a vaga no meio de campo será de Lincoln. Mas o treinador já está preparado para uma alteração no decorrer da partida. Afinal, o atleta também tem reclamado de dores na coxa. "Ele vem em um ritmo de treinamento menos intenso e poder ser que o tiremos do jogo", avisou. "Temos um plano B. Podemos colocar mais um volante e deixar o Assunção livre ou colocar mais um no ataque."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.