Derly desfalca Brasil no Mundial por equipes de judô

Judoca alega problemas pessoais e desiste de disputar a competição que acontece neste domingo no Japão

Agencia Estado

30 de setembro de 2008 | 12h57

O judoca João Derly, bicampeão mundial na categoria até 66 kg, pediu dispensa e não integrará a seleção brasileira que disputará o Mundial por equipes, no domingo, no Japão.Derly alegou motivos pessoais para pedir dispensa. "Estava pronto e com muita vontade de representar o Brasil mais uma vez em uma competição internacional, mas achei melhor pedir a minha dispensa para a comissão técnica. O Ney Wilson foi muito compreensivo e me deu razão", disse.Sem Derly, a equipe brasileira embarca para o Japão nesta terça-feira com Charles Chibana (- 60 kg), Denilson Lourenço (- 66 kg), Victor Penalber (- 73 kg), Flávio Canto e Guilherme Luna (- 81 kg), Eduardo Santos e Hugo Pessanha (- 90 kg), Leonardo Leite (- 100 kg), Walter Santos e Daniel Hernandes (+ 100 kg).O Brasil tenta no Japão um título inédito - o País foi vice-campeão em 1998 e 2007. Disputam a competição no masculino a Rússia, Geórgia, Irã, Coréia, Argélia, Austrália e Japão. Entre as mulheres, competem França, Alemanha, China, Coréia, Argélia, Cuba, Austrália e Japão.

Tudo o que sabemos sobre:
judôMundial de judôJoão Derly

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.