Derrota faz Vitória cair para o 4º lugar

Já o Atlético-MG, com a vitória por 2 a 1, deixou a zona de rebaixamento

O Estadao de S.Paulo

28 de julho de 2008 | 00h00

O Atlético-MG operou ontem, no Mineirão, um pequeno milagre: venceu o Vitória por 2 a 1 e escapou da zona do rebaixamento, pulando para a 13ª colocação. Mas se a equipe mineira surpreendeu com um poder de reação até então desconhecido, quem decepcionou foi o time baiano, que chegou a ocupar no outro final de semana a vice-liderança, mas não encontrou forças em Minas para derrotar o onze atleticano, que tinha até então apenas três vitórias.Os gols mineiros fora marcados por Marques, aos 43 do primeiro tempo, e por Gedeon, aos 9 do segundo. Rodrigão, de cabeça, fez o gol de honra baiano, aos 36 da segunda etapa.GOIÁS 1 X 2 SPORT O Sport obteve sua primeira vitória fora de casa ao bater o Goiás por 2 a 1, no Serra Dourada, no reencontro do time pernambucano com o meia-atacante Romerito, que foi um dos destaques da equipe na conquista da Copa do Brasil. Só que desta vez, Romerito vestia a camisa do Goiás e pouco fez.No primeiro tempo, o Sport tocou a bola à espera de boas oportunidades. A primeira veio aos 33 minutos, com Júnior Maranhão acertando o canto direito do goleiro Harlei. O Goiás reagiu e empatou com Vitor aos 36. Mas, aos 29 do 2º tempo,o zagueiro Durval fez, de cabeça, o gol da vitória pernambucana. ATLÉTICO-PR 0 X 0 FIGUEIRENSEEm um jogo fraco tecnicamente, Atlético-PR e Figueirense empataram por 0 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba. Foi uma partida de dois times com medo - e com razão. Depois de levar sete gols do Grêmio, o Figueirense preferiu ontem não arriscar nada. E o Atlético-PR, vendo de perto o horror da zona do rebaixamento, também estava satisfeito com tudo. No final da partida, enquanto vaiava o time, a torcida do time paranaense clamava pela volta do técnico Geninho, campeão brasileiro pelo clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.