Jae C. Hong/AP
Jae C. Hong/AP

Desafiante de Mayweather, Robert Guerrero é preso por porte de arma

Boxeador foi detido nesta quinta em Nova York ao tentar entrar num avião armado com um revólver

AE-AP, Agência Estado

28 de março de 2013 | 20h33

NOVA YORK - Robert Guerrero, próximo desafiante de Floyd Mayweather Jr, não tem o mesmo cartel nem a mesma fama do boxeador que é tido um dos maiores da atualidade, mas agora também tem no currículo uma passagem pela cadeia. Guerrero foi detido nesta quinta-feira em Nova York ao tentar entrar num avião armado com um revólver.

De acordo com o fiscal do condado de Queens, Richard Brown, Guerrero foi preso nesta manhã, quando apresentou um estojo com um revólver ao agente da companhia área na hora de registrar seu voo. De acordo com Brown, o boxeador norte-americano estava com uma arma calibre 40 e três pentes vazios.

A arma estava registrada na Califórnia, mas a licença não é válida em Nova York. "Espero que Guerrero lute melhor do que pensa. Para que não haja mal entendido, vou ser claro: não se pode entrar com uma arma sem licença neste país e nesta cidade. Quem fizer isso, será preso e processado por um delito grave", destacou Brown.

Guerrero pagou a fiança e foi liberado, precisando se reapresentar à corte de Nova York em 14 de maio, dez dias depois de enfrentar Mayweather em Las Vegas pelo cinturão dos meio-médios do CMB (Conselho Mundial de Boxe). Mayweather é o atual campeão, mas Guerrero ficou com o título provisório enquanto aquele cumpriu três meses de prisão.

Tudo o que sabemos sobre:
boxeFloyd Mayweather Jr

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.