'Desfigurados', gaúchos não perdem a confiança

Inter terá seis desfalques esta noite, pois conta com jogadores contundidos e outros em seleções; Rafael Moura estreia

ELDER OGLIARI / PORTO ALEGRE, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2012 | 03h09

Convocações para seleções nacionais, contusões e suspensões mutilaram o time titular do Internacional que enfrenta o Corinthians hoje à noite, em São Paulo, sem contar com seis de seus titulares. Estão fora o volante Guiñazu e Ygor, o meia D'Alessandro e os atacantes Dagoberto, Forlán e Leandro Damião. Com isso, o atacante Rafael Moura, que se apresentou na segunda-feira, já irá fazer sua estreia no time gaúcho.

O técnico Fernandão deve escalar Fabrício na lateral-esquerda e deslocar o titular da posição, Kleber, para a função de armador. Também vai colocar o volante Josimar para reforçar a marcação no meio-campo e montará o ataque com Jajá e Rafael Moura, que estreia com a camisa colorada.

O treinador, que vem se queixando dos constantes desfalques, acredita que Rafael Moura vai se tornar uma boa alternativa para recompor o setor. "Ele é artilheiro, sabe se movimentar, consegue fazer bem o pivô e dar opções de conclusão para os jogadores que chegam de trás'', elogia Fernandão.

O ex-jogador do Fluminense está motivado. Ele disse que decidiu deixar o tricolor carioca porque precisava de uma novo desafio em sua carreira e espera em pouco tempo conquistar a torcida do Inter. "Tem uma grande time, uma torcida apaixonada e espero ser muito útil aqui.''

O Internacional chegou à rodada como quinto colocado na classificação, com 30 pontos, e precisa da vitória para sonhar com uma perseguição aos líderes nas próximas rodadas, quando, espera, terá seus titulares de volta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.