Stefan Wermuth/Reuters
Stefan Wermuth/Reuters

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Destaque no Rio-2016, Katinka Hosszu abre etapa da Copa do Mundo com 6 medalhas

No Rio, a nadadora faturou três medalhas de ouro e uma de prata

Estadão Conteúdo

26 Agosto 2016 | 16h50

Depois de conquistar três ouros e uma prata na natação nos Jogos do Rio, a húngara Katinka Hosszu voltou a competir nesta sexta-feira e já faturou seis medalhas na primeira etapa da Copa do Mundo, em Chartres, na França.

Conhecida como a Dama de Ferro da natação, ela conseguiu três ouros, duas pratas e um bronze na piscina de 25 metros desta competição que é preparatória para o Mundial de curta, que acontecerá em dezembro no Canadá.

Katinka ainda disputará outras oito provas nesta Copa do Mundo. No primeiro dia, ela venceu nos 200m livre, 100m borboleta e 200m medley. Ficou com a prata nos 800m livre e 200m costas e ainda faturou um bronze nos 50m costas. A única prova que disputou e ficou sem medalha foi nos 50m livre, quando terminou em quinto lugar.

Outro destaque dos Jogos do Rio, com duas medalhas de prata, a sul-africana Chad Le Clos também competiu nesta sexta-feira e fechou o dia com dois ouros, nos 50m e 200m borboleta. Nos 100m peito, a jamaicana Alia Atkinson igualou seu próprio recorde mundial em piscina curta: 1min02s36.

MEDALHA BRASILEIRA

No masculino, o brasileiro Felipe Lima, que não esteve nos Jogos do Rio, conquistou o bronze nos 50m peito. A vitória foi de Cameron Van Der Burgh, que levou também o título dos 200m peito. A prata foi para o russo Kirill Prigoda.

O brasileiro terminou à frente do francês Florent Manaudou, que ficou em quarto na prova que não é sua especialidade. No Rio, ele era favorito nos 50m livre, mas ficou com a medalha de prata, perdendo para o norte-americano Anthony Ervin.

O russo Vladimir Morozov estabeleceu novo recorde nos 100m medley, com a marca de 50s60, batendo a marca do alemão Steffen Deibler de 50s66 do Mundial de Doha em 2014. A segunda colocação ficou com o alemão Philip Heintz e o bronze foi para o norte-americano Michael Andrew. O brasileiro Nelson Silva Júnior terminou em décimo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.