Di Luca vence etapa e amplia vantagem na Volta da Itália

O italiano Danilo di Luca venceu nesta terça-feira a décima etapa da Volta da Itália, disputada entre as cidades de Cuneo e Pinerolo, com 262 quilômetros de extensão, e ampliou sua vantagem na liderança geral da competição. Depois de cumprir a mais longa etapa de toda a prova em 6h30min43s, 10 segundos de vantagem para o segundo colocado, Franco Pellizotti, ele ampliou para 1min20s sua vantagem sobre o segundo colocado, o russo Denis Menchov, que chegou em terceiro.

AE, Agencia Estado

19 de maio de 2009 | 13h48

O sueco Thomas Lovkvist, que começou o dia na segunda colocação, a apenas 13 segundos de Di Luca, teve problemas durante as difíceis subidas da prova, acabou em 22º lugar e caiu para a oitava posição no geral. O norte-americano Lance Armstrong cruzou a linha na 13ª posição, a 29 segundos do vencedor, e subiu sete lugares na classificação, terminando o dia como 18º colocado.

A etapa desta terça passou por algumas estações de esqui, inclusive pela área que recebeu as provas da Olimpíada de Inverno de 2006, em Turim. Di Luca, após a prova, comemorou discretamente, ao ser comunicado da morte do motociclista Fabio Saccani, que sofreu um acidente antes da etapa - ele guiava uma moto que acompanhava a Volta da Itália com o fotógrafo Roberto Bettini.

Lance Armstrong, que fez amizade com o motociclista ao saber que ele também havia se curado de um câncer, lamentou o acidente. "Ele era um grande amigo e um dos meus maiores torcedores, sempre com um sorriso na face. Sentirei muito sua falta", escreveu o ciclista em sua conta no Twitter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.