Ricardo Ayres/Photocamera
Ricardo Ayres/Photocamera

Diego Cavalieri se consolida como ídolo no Fluminense

Apelidado de 'Homem de Gelo', goleiro foi discreto até na hora de comemorar o tetracampeonato

Daniel Batista e Paulo Galdieri, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2012 | 02h02

PRESIDENTE PRUDENTE - O Fluminense passou anos à procura de um grande goleiro para dar segurança à equipe. E, na campanha do tetra nacional, Diego Cavalieri se firmou como esse personagem. Apelidado de Homem de Gelo pela forma discreta de se comportar e pela frieza para praticar as defesas mais difíceis, Cavalieri se tornou ídolo e foi celebrado como um dos mais importantes jogadores do título.

Ontem, em Presidente Prudente, mais uma vez Cavalieri mostrou seu jeito frio. Primeiro, ao fazer uma defesa incrível em chute à queima-roupa de Maurício Ramos, quando o jogo estava empatado por 2 a 2. E depois na comemoração contida e pouco extravagante, em que exaltou o espírito de grupo do Fluminense campeão brasileiro.

"No nosso time todos tiveram importância. Isso mostra o empenho que todos têm, e acho que fomos coroados porque merecemos isso. Todo mundo está de parabéns pelo título e muito feliz pela torcida."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.