Diego e Laís voltam para casa cheios de medalhas

Com cinco medalhas conquistadas nas duas primeiras etapa da Copa do Mundo de Ginástica, Diego Hypólito e Laís Souza desembarcaram nesta terça-feira no Brasil. Além deles, outro ginasta brasileiro, Luiz Augusto dos Anjos, participou das competições na Europa, mas não conseguiu subir ao pódio. Atual campeão mundial do solo, Diego confirmou seu favoritismo nessa prova, conquistando a prata em Lyon (França) e o ouro em Cottbus (Alemanha). Além disso, ele foi bronze no salto durante a etapa da cidade francesa.?O salto foi uma surpresa, não esperava que viesse uma medalha. Deu para ver que agora tenho mais chances. Antes eu podia até ser finalista, mas agora posso brigar por medalhas?, admitiu Diego, satisfeito com o novo sistema de pontuação da ginástica, implantado nestas duas primeiras etapas da Copa do Mundo.Já Laís ganhou suas duas medalhas em Cottbus, no último fim de semana. Foram ambas de bronze, na trave e no solo. ?Eu realmente não esperava ganhar nenhuma medalha na trave, é uma prova muito difícil. Acho que deu certo porque cravei bem os movimentos. Na nova pontuação, vale mais esses movimentos limpos do que um movimento muito complicado?, disse a ginasta.Os ginastas brasileiros terão mais tempo para se acostumar ao novo sistema de pontuação, já que a próxima etapa da Copa do Mundo, en Ghent, na Bélgica, será em maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.