Diego estréia nova série na Copa do Mundo de ginástica

O ginasta Diego Hypólito, campeão mundial do solo, estréia neste sábado nas eliminatórias da etapa de abertura da Copa do Mundo, em Lyon, na França, com a participação de 170 ginastas de 36 países. Ele competirá no salto, solo e paralelas. As finais serão no domingo, a partir das 6h30, com transmissão da SporTV. Em Lyon, Diego poderá obter sua sétima medalha de ouro em torneios internacionais - em 2004, obteve cinco medalhas de ouro em etapas de Copa do Mundo e ano passado conquistou o título mundial em Melbourne, na Austrália. ?Vou me avaliar por este campeonato. A Copa do Mundo deverá ser de bom nível técnico e no solo terei adversários fortes?, afirmou Diego.Com o novo código de pontuação que entrará em vigor nessa competição (a nota 10 foi extinta), Diego teve de alterar sua apresentação no solo. Ele apresentará uma série diferente, de mais resistência e número maior de acrobacias. ?As séries nos aparelhos estão mais longas. Vou apresentar uma série totalmente diferente do Mundial (apenas uma seqüência do elemento é igual). A partir de agora vou apresentar duas passadas a mais do que a anterior, sendo cinco agora no total?, explicou. A nota máxima que antes partia de 10 passou para 16,40 devido o grau de dificuldade. Na etapa francesa, Diego pretende apresentar o novo salto: um duplo twist carpado com pirueta - acrobacia que ele espera que venha a ser chamada de ?Hypólito?, sendo aceita pela Federação Internacional de Ginástica da mesma forma como a entidade fez com o ?Dos Santos?, movimento criado por Daiane dos Santos. Ainda no masculino, Luíz Augusto dos Anjos, de 18 anos, especialista nas paralelas fará sua estréia em Copas do Mundo ?Ele é um excelente ginasta, mesmo sem competir lá fora. A prova dele nas paralelas é forte?, contou Diego. Sem Daiane dos Santos, que se recupera de uma luxação no cotovelo, a representante no feminino é Laís, que em 2005 ganhou seis medalhas em Copas: dois ouros e duas pratas no salto sobre o cavalo; uma prata e um bronze no solo.A equipe brasileira ainda terá Luiz Augusto dos Anjos competindo nos aparelhos solo, cavalo e barra e Laís Souza, no solo, salto, assimétricas e trave.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.