Diego Hypolito é ouro no solo da Super Final da Copa do Mundo

Líder do ranking no solo, brasileiro repete performance de Birmingham e São Paulo conquistou o tri da prova

EFE

13 de dezembro de 2008 | 16h01

O brasileiro Diego Hypolito conquistou neste sábado o primeiro lugar na prova do solo da Super Final da Copa do Mundo de ginástica, em Madri. Líder do ranking mundial no solo, Diego conquistou o tricampeonato da prova - venceu as duas últimas edições da competição: Birmingham (2004) e São Paulo (2006). Veja também: Daniele Hypólito fica em última nas barras assimétricas Neste sábado ele conseguiu uma nota de 16,125, superando o japonês Kohei Uchimura (15,900) e o israelense Alexander Shatilov (15,500). Diego se recuperou do frustrante desempenho nos Jogos de Pequim, em que era apontado como favorito e acabou num decepcionante sexto lugar por conta de um erro na final da apresentação. "Fiquei triste não pela derrota, mas pelo erro no fim. Mas Pequim foi, apesar de tudo, muito importante para mim", comentou Diego. Para o ano que vem, ele espera conseguir uma apresentação mais difícil que a deste sábado: "Começarei a trabalhar uma nova dificuldade, quero subir até os 16,900 de partida", afirmou o brasileiro, que passou a seguir um novo modelo de treinamento, com padrão japonês, implantado pelo técnico Renato Araújo.O ginasta ainda compete na prova do salto. Os outros representantes do Brasil são Mosiah Rodrigues, na barra fixa, e Danielle Hypolito. A competição encerra o calendário da ginástica em 2008. Esta foi a classificação da prova: 1.º - Diego Hypolito (BRA) 16,125. 2.º - Kohei Uchimura (JAP) 15,900. 3.º - Alexander Shatilov (ISR) 15,500. 4.º - Elefhterios Kosmidis (GRE) 15,150. 5.º - Kristian Thomas (ING) 14,950. 6.º - Wajdi Bouallegue (TUN) 14,450. 7.º - Jeffrey Wammes (HOL) 13,875. 8.º - Matthias Fahrig (ALE) 13,350.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.