Diego Hypólito exibe otimismo na equipe para o Mundial

A partir de 2015 a competição entre países será classificatória para os jogos olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016

Estadão Conteúdo

10 Setembro 2014 | 16h22

m fase final de preparação para o Mundial de Ginástica Artística, que está em será realizado em Nanning, na China, Diego Hypólito exibiu confiança na possibilidade da equipe brasileira alcançar seus objetivos na competição. Ele destaca que o Brasil tem todas as condições de classificar para o próximo Mundial.

"Esse ano não é um Mundial Pré-Olímpico, mas a possibilidade de nos classificarmos por equipe é muito grande. É quase impossível não irmos para o Mundial do ano que vem", salientou. "Para 2015, precisamos treinar muito bem. É um Pré-Olímpico e é uma meta muito grande. Temos o objetivo de ir para a Olimpíada e para isso acontecer, temos que ir muito bem, com um bom treinamento", acrescentou.

Obter essa vaga no próximo Mundial é importante porque em 2015 a competição será classificatória para a Olimpíada do Rio, em 2016. O Mundial deste ano classifica 24 equipes com cinco atletas cada para o torneio de 2015. No próximo ano, os oito primeiros países estão garantidos nos Jogos Olímpicos. As equipes que ficarem entre o nono e o 16º lugar vão disputa um Pré-Olímpico em 2016, que garante mais quatro países na próxima Olimpíada. 

Para a equipe masculina, foram convocados para os treinamentos os atletas Arthur Nory Mariano, Arthur Zanetti, Caio Souza, Diego Hypólito, Francisco Barretto Júnior, Lucas Bitencourt, Pétrix Barbosa e Sérgio Sasaki. E Diego Hypólito destacou a força da seleção brasileira.

"A equipe está muito boa. Existem muitos atletas novos, além dos veteranos, com bom desempenho. Essa é a melhor equipe que o Brasil já teve da Ginástica Artística Masculina. Já tivemos equipes muito boas e fomos evoluindo a cada ano. Quanto mais a estrutura aumentou, melhor os resultados ficaram. Temos um campeão olímpico, temos campeões mundiais e isso serve de incentivo para que todos tenham essa possibilidade. Todos têm os aparelhos, todos têm a estrutura. Tomara que consigam resultados tão bons quanto o Arthur, o Mosiah, o Sérgio e eu conseguimos", declarou.

Para a equipe feminina, foram chamadas Daniele Hypolito, Isabelle Cruz, Julie Kim Sinmon, Letícia Costa, Maria Cecília Cruz, Mariana Oliveira e Mariana Valentim. Rebeca Andrade também fará parte dos treinamentos, mas não segue para o Mundial, pois não tem idade suficiente para a competição este ano.

Nesta quinta-feira, os brasileiros viajam para Tóquio onde vão treinar e realizarão a aclimatação para o Mundial. Do Japão, a equipe segue para a China em 26 de setembro. A competição em Nanning começa no dia 3 de outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.