Diego Hypolito frustra expectativas, mas é terceiro em Cottbus

Pétrix Barbosa disputa a final da barra fixa neste domingo

Agência Estado

15 de março de 2014 | 14h57

Diego Hypolito fez uma ótima apresentação no solo na fase de classificação da etapa de Cottbus (Alemanha) da Copa do Mundo de Ginástica Artística. Com a nota 15,733 que recebeu na ocasião, teria sido medalhista de prata no Mundial. Mas, neste sábado, ele não repetiu o bom desempenho. Mesmo assim, ficou com o bronze na Alemanha.

O brasileiro somou 15,225 pontos e ficou apenas do suíço Claudio Capelli, que fez 15,250 e foi prata, e do russo Denis Abliazin, com 15,525, que levou o ouro para casa. Diego ainda participa, domingo, da final no salto, para a qual ele avançou com a quarta melhor nota.

"Hoje (sábado) eu estava um pouco cansado e faltou um pouco de força no final da série, mas fiquei contente por iniciar o ano com uma medalha em uma etapa da Copa do Mundo. Amanhã, no salto, espero fazer uma boa apresentação também. Irei fazer os mesmos saltos da classificatória", contou.

Para disputar a Copa do Mundo, Diego não participou dos Jogos Sul-Americanos, em Santiago, onde o Brasil sentiu a falta dele e ficou com a prata por equipes. Em Cottbus, a final da barra fixa, domingo, também terá um brasileiro: Pétrix Barbosa, que recebeu a oitava melhor nota na fase de classificação.

Tudo o que sabemos sobre:
ginástica artísticaDiego Hypolito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.