Maurício Duenas/EFE
Maurício Duenas/EFE

Diego Hypólito quer parar com ouro na Olimpíada do Rio

'Meu objetivo mínimo na Olimpíada será uma medalha de ouro no solo, que é o meu forte', planeja o ginasta

AE-AP, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 15h35

O ginasta Diego Hypólito quer ganhar medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres e do Rio antes de se aposentar. O brasileiro acredita que depois da Olimpíada de 2016, será o momento para deixar de competir em alto nível e se dedicar ao trabalho de professor de educação física.

"Meu objetivo mínimo na Olimpíada será uma medalha de ouro no solo, que é o meu forte", disse Hypólito. O ginasta foi vítima de dengue antes dos Jogos de Sydney, em 2008, e teve que operar o joelho, o que afetou o seu desempenho. Assim, o brasileiro ficou fora do pódio.

"Foram momentos difíceis como os sete meses que estive inativo como consequência de uma lesão antes de ganhar minha primeira medalha em um Mundial, o de Melbourne em 2005", recordou.

A próxima meta de Hypólito é conquistar nova medalha de ouro no Mundial. "Na Holanda, em outubro, buscarei me tornar tricampeão mundial, sou bicampeão, mas a meta é a terceira medalha de ouro, será complicado. Encontrarei grandes rivais, mas se todo caminhar bem, conseguirei o ouro que tanto desejo", assinalou o brasileiro, que disputou os Jogos Sul-Americanos, em Medellín, na Colômbia.

Tudo o que sabemos sobre:
ginástica artísticaDiego Hypólito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.