Daniel Ramalho/Divulgação
Daniel Ramalho/Divulgação

Diego Hypolito se diz 'mais leve e feliz' do que em 2008

Em Pequim, ele era campeão mundial e grande favorito ao ouro, mas acabou apenas no quinto lugar

AE, Agência Estado

26 de julho de 2012 | 11h10

Ao cair sentado no tablado durante a final do solo, Diego Hypolito se tornou uma das grandes decepções da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Pequim, há quatro anos. Na época, ele era campeão mundial e grande favorito ao ouro, mas acabou apenas no quinto lugar. Agora ele chega aos Jogos de Londres sem carregar nenhum favoritismo, apesar do bronze no Mundial de Tóquio, no ano passado. E comemora a nova condição.

"Dessa vez já cheguei aqui mais leve e feliz, que é o meu jeito mesmo. O sonho de conquistar a medalha não acabou, mas independentemente do resultado, com certeza vou sair mais satisfeito do que em Pequim", garantiu Diego, que estreia na Olimpíada no sábado.

Além dele, a equipe brasileira em Londres tem dois estreantes. Arthur Zanetti é atual vice-campeão mundial nas argolas, tem as melhores notas da temporada e chega a Londres como favorito. Sérgio Sasaki, estreante como Zanetti, vai competir no individual geral.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.