Diego Hypólito terá de operar seu joelho nesta terça-feira

Grande esperança de ouro brasileiro em Pequim 2008, ginasta sente dores no domingo e passará por cirurgia

Efe

24 de março de 2008 | 20h39

O ginasta brasileiro Diego Hypólito, o grande favorito a uma medalha de ouro na prova de solo dos Jogos Olímpicos de Pequim, será operado nesta terça-feira para corrigir uma lesão no joelho direito.  A cirurgia, que tratará o menisco lateral de seu joelho direito, não deverá impedir o ginasta de participar da Olimpíada, segundo disse seu treinador, Renato Araújo.  "Não sabemos exatamente quando ele se lesionou. No domingo ele sentiu dores e preferiu consultar um médico para assegurar que não havia nenhum problema, mas se chegou à conclusão que a operação seria necessária", afirmou Araújo.  Diego Hypólito será operado pelo médico do Comitê Olímpico Brasileiro (COI), João Granjeiro, e a precisão é de que o ginasta precise de quatro semanas para a recuperação. "Está claro que ele perderá alguns treinamentos, mas em 2005, quando ele foi campeão mundial, Diego se recuperou de uma fratura na tíbia de sua perna direita um mês antes daquela competição", explicou seu treinador.  O ginasta de 21 anos conquistou as medalhas de ouro de duas etapas do Campeonato Mundial de Ginástica, em Stuttgart (2007) e Melbourne (2005), além de subir ao ponto mais alto do pódio no Pan do Rio, no ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.