Diego nega clássico 'esvaziado' e exalta rivalidade entre Flamengo e Vasco

Por causa do regulamento, o clássico entre Vasco e Flamengo deste sábado, pela semifinal da Taça Rio, não terá qualquer importância para a sequência do Campeonato Carioca. Mas nem este fator tirará o peso de uma das principais rivalidades do Brasil. Pelo menos foi o que garantiu o meia Diego, em entrevista coletiva nesta quarta-feira no Ninho do Urubu.

Estadao Conteudo

05 de abril de 2017 | 14h18


"O que traz um diferencial para esse jogo é o fato de enfrentar o Vasco, por ser um clássico. O Vasco é uma grande equipe e isso já é o suficiente, independentemente da situação de primeiro ou segundo turno, por ser uma decisão ou não. Sabemos das condições e também da campanha que fizemos até aqui, que é considerável. Temos plena consciência disso, só que esse é um jogo à parte", considerou.


Independente do resultado final da Taça Rio, as semifinais do Campeonato Carioca estão definidas, com os confrontos Flamengo x Botafogo e Fluminense x Vasco. Os times rubro-negro e tricolor terão a vantagem do empate. Mas o desejo de repetir o desempenho da semifinal da Taça Guanabara, quando marcou o único gol do triunfo por 1 a 0 sobre o rival cruzmaltino, ajuda a motivar Diego.


"Espero repetir a vitória. Se puder marcar gol, ser decisivo, melhor ainda. Mas espero repetir essa vitória. Vencer é sempre importante, principalmente contra o Vasco. Esse tipo de jogo é muito bom de se jogar", afirmou. "O Vasco merece nosso respeito, mas vamos com tudo em busca da vitória."


Outro fator que embala o meia flamenguista às vésperas da partida é o fato de o clássico acontecer no Maracanã, em meio a todo imbróglio envolvendo o estádio. "Eu e meus companheiros ficamos felizes que o jogo vai ser no Maracanã. Um jogo desses merece um estádio como esse. Além de ser mais fácil a logística, também é um estádio especial para um clássico do futebol nacional. Enfim, é um palco perfeito e estamos muito animados com isso."


Nesta quarta-feira, Diego e o resto do elenco do Flamengo participaram de uma atividade técnica no gramado do Ninho do Urubu, com foco na troca de passes e nas finalizações. No campo ao lado, o meia Dario Conca deu mais um passo rumo à volta aos gramados ao participar de um trabalho de aprimoramento com os garotos do time sub-16.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.