Diego Souza: pena de 8 jogos, mas só no Paulista

Diego Souza se livrou ontem de uma dura punição. Julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de São Paulo por ter agredido o zagueiro Domingos, do Santos, na semifinal do Campeonato Paulista, em abril, o meia palmeirense pegou oito jogos de suspensão. E com um detalhe: a serem cumpridos só no Estadual do ano que vem.O palmeirense podia receber suspensão de até 540 dias. Ele foi julgado no artigo 253 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (praticar agressão física contra o árbitro ou seus auxiliares, ou contra qualquer outro participante do evento desportivo) e no 255 (praticar ato de hostilidade contra adversário ou companheiro de equipe). Ao lado de Diego Souza, Domingos também esteve no banco de réus ontem - o julgamento de ambos já havia sido adiado em três ocasiões. O zagueiro santista pegou dois jogos de suspensão (por assumir atitude contrária à disciplina e à moral desportiva). E, a exemplo do palmeirense, só cumprirá a pena no próximo Estadual.Como escapou da punição em dias, Diego Souza está livre para atuar na Libertadores e também no Brasileiro. Assim, Vanderlei Luxemburgo só não poderá contar com Pierre no clássico de domingo, contra o São Paulo. O volante foi expulso na derrota para o Inter, anteontem, por 2 a 0, em Porto Alegre. A dupla de volantes deve ser formada por Souza e Mozart. REFORÇOSO atacante Perea realizou testes físicos ontem, passa por exames cardiológicos hoje e, se aprovado, já deve assinar contrato por 4 anos. O clube também está perto de anunciar um novo patrocinador: a Cosan (empresa de combustível), que estamparia sua marca nos calções do uniforme alviverde e também em placas no Estádio Palestra Itália.

, O Estadao de S.Paulo

19 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.