Diferença pequena prevê prova equilibrada

Pode ser que na sessão que definirá o grid do GP da Bélgica, hoje, no circuito de Spa-Francorchamps, a competitividade não seja a mesma do treino livre de ontem. Mas que o resultado impressionou não há dúvida. Houve apenas 929 milésimos de segundo entre o tempo do mais veloz, Lewis Hamilton, da McLaren, 1min47s201, e o de Rubens Barrichello, da Brawn GP, apenas o 18.º, com 1min48s130. "Esse resultado não expressa o potencial da nossa equipe nesta pista", comentou Rubinho, vencedor do GP da Europa, no domingo. "Não estamos competitivos como em Valência, mas não estamos atrás também." Barrichello lembrou que várias pilotos que registraram bons tempos ontem tinham menos gasolina do que a Brawn GP. "Neste traçado 10 kg a mais significam pelo menos 4 décimos de segundo a mais. Mesmo assim, houve pequena diferença nos tempos."A idéia geral é de que a vantagem seja da Red Bull. A TV Globo transmite ao vivo o treino de classificação, hoje, a partir das 9 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.