Douglas Gomes/Divulgação
Douglas Gomes/Divulgação

Dilma confirma George Hilton como novo ministro do Esporte

Deputado Federal irá substituir Aldo Rebelo, remanejado para a pasta da Ciência, Tecnologia e Inovação; posse será no dia 1.º

RAFAEL MORAES MOURA, RICARDO BRITO, LISANDRA PARAGUASSU E JOÃO DOMINGOS, Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2014 | 22h01

Após uma negociação que durou semanas, a presidente Dilma Rousseff divulgou nesta terça-feira, em nota, uma relação com o nome de 13 ministros que vão compor a sua equipe no segundo mandato. Entre os nomes anunciados esteve o do deputado federal George Hilton (PRB-MG), que assumirá o Ministério do Esporte e irá substituir Aldo Rebelo (PC do B), remanejado para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. A posse deles está marcada para o dia 1º de janeiro, informou a Secretaria de Comunicação Social (Secom).

Antes de remanejar Rebelo, Dilma deu a impressão de que o manteria no ministério do Esporte. Segundo auxiliares da presidente, ele se cacifou para permanecer no cargo após a realização da Copa do Mundo de 2014, apesar das críticas antes do evento ao atraso nas obras e ao "pessimismo" inicial de parte da população com o êxito do torneio.

Dilma convocou Rebelo na noite de segunda-feira às pressas, no Palácio do Planalto, para uma conversa de duas horas. Aldo estava acompanhado do presidente do PC do B, Renato Rabelo. O partido, fiel ao PT em todas as disputas presidenciais pós-redemocratização, reivindicava a manutenção da pasta do Esporte.

Aldo estava de recesso em Maceió quando recebeu o chamado de Dilma para que embarcasse imediatamente para Brasília. O governo considera que a Copa foi um sucesso e dentro do Planalto a avaliação era a de que Aldo teria ainda mais autoridade para lidar com os preparativos dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio, considerado o principal momento esportivo do segundo mandato de Dilma. Agora, porém, Rebelo acabou deixando oficialmente o Ministério do Esporte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.