Dilma encontra atletas no Chile e exalta campanha nos Jogos Sul-Americanos

Presidente, que está no país para a posse de Michelle Bachelet, parabeniza delegação brasileira

O Estado de S. Paulo

11 de março de 2014 | 15h36

SÃO PAULO - Dilma Rousseff esteve na manhã desta terça-feira com atletas brasileiros que disputam os Jogos Sul-Americanos, em Santiago, no Chile. A presidente parabenizou a delegação brasileira e afirmou que o desempenho do Brasil nas competições é excepcional. O País lidera o quadro de medalhas, com 82 no total - são 38 de ouro, contra 19 da Venezeuela, segunda colocada. A Argentina, em terceiro, tem 18 douradas.

"Estou muito feliz de estar aqui com os atletas brasileiros. Esse é um ano muito especial porque nós temos essa preparação para os Jogos Olímpicos", afirmou Dilma ao desembarcar em Vinã del Mar para a posse de Michelle Bachelet, a nova presidente do país.

Ao todo, 40 atletas participaram do encontro. Entre eles as seleções de handebol masculina e feminina, além de componentes da equipe de remo. Dilma conversou com Alexandra Nascimento, eleita melhor jogadora de handebol do mundo em 2012, e Fabiana Beltrame, campeão mundial em 2011.

Os Jogos Sul-Americanos tiveram início na última sexta-feira. O Brasil é o grande destaque da competição até aqui. Thiago Pereira, medalha de prata nos 400 m medley em Londres, conquistou três ouro (nos 200 m medley, nos 400 m medley e no revezamento 4x200 m). Arthur Zanetti, campeão olímpico e mundial, também sagrou-se campeão no Chile. Yane Marques, bronze no pentatlo nos Jogos Olímpicos, ficou com a medalha de ouro. Na ginástica, o destaque é Jade Barbosa, dona de três medalhas de ouro e uma de prata.

A presidenta Dilma Rousseff se encontrou pela manhã com a presidente eleita do Chile. Michelle assume novamente o governo. O encontro ocorreu no Palácio Presidencial Cerro Castilho, em Viña del Mar. Bachelet governou o país de 2006 a 2010 e foi sucedida por Sebastián Piñera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.