Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE

Dilma Rousseff leva sete ministros em sua viagem aos Jogos Olímpicos

Comitiva brasileira chega quarta-feira e presidente vai tratar de política internacional e promoção da Olimpíada de 2016

Jamil Chade - Correspondente, O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2012 | 03h06

A presidente Dilma Rousseff chegará a Londres acompanhada por sete ministros e terá uma programação intensa, que vai misturar política internacional, promoção da imagem do Brasil e assuntos ligados aos atuais Jogos Olímpicos. A próxima edição do evento ocorre no Brasil, em 2016, e o País quer aproveitar o evento na capital inglesa para promover a competição em quatro anos.

Na quarta-feira, Dilma terá uma reunião de trabalho com o primeiro-ministro britânico, James Cameron. Na pauta: a crise econômica mundial e até a situação na Síria, que vive uma guerra civil de grande proporções.

Junto com a presidente, nada mais que sete ministros brasileiros também estarão em Londres. O chanceler Antonio Patriota é um deles, além do ministro do Esportes, Aldo Rebelo. Mas a viagem também incluirá o Ministério do Turismo e o Ministério de Ciência e Tecnologia. Na quinta-feira, Dilma visitará um museu acompanhada pelo cientista Stephen Hawking.

Na abertura. Já na sexta-feira, a presidente participa da abertura dos Jogos Olímpicos. O encerramento, em duas semanas, será acompanhado pelo vice-presidente, Michel Temer.

Em Brasília, a percepção é de que a delegação não é "exagerada", comparada com outros países. O Japão, por exemplo, pediu a reserva de 80 quartos de hotéis para autoridades durante os Jogos em Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.