Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE

Dilma Rousseff terá encontro com atletas brasileiros em Londres

Presidente do Brasil irá almoçar com alguns integrantes da delegação brasileira na próxima sexta-feira

DANIELA MILANESE, Agência Estado

24 de julho de 2012 | 16h24

LONDRES - A presidente Dilma Rousseff encontrará os atletas da delegação olímpica brasileira na sexta-feira, dia da abertura dos Jogos de Londres. Ela irá almoçar com alguns integrantes da equipe no centro de treinamento Crystal Palace, que está servindo como base para a preparação do Brasil na capital inglesa.

Depois do encontro com os atletas brasileiros, a presidente segue para o Palácio de Buckingham, onde será recebida pela rainha Elizabeth II, assim como os chefes de Estado e de governo que estarão na cidade para a abertura da Olimpíada. Cerca de 110 delegações irão a Londres para participar do evento na sexta.

Do Palácio de Buckingham, todas as autoridades seguem em comboio oficial do Comitê Olímpico Internacional (COI) para o Parque Olímpico, no leste da cidade. A cerimônia de abertura dos Jogos de Londres terá início às 21 horas (17 horas, pelo horário de Brasília). E cada chefe de Estado pode assistir ao evento com um acompanhante - a presidente Dilma deve estar com sua filha, Paula.

Dilma chega a Londres nesta quarta-feira, pelo aeroporto particular de Farnborough, a cerca de uma horas de Londres, e fica até sábado à noite. Durante a visita, está confirmado o encontro dela com o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, previsto para acontecer já nesta quarta.

A programação de Dilma em Londres vem passando por alterações e há pontos que ainda não estão confirmados - como o encontro com o presidente do COI, Jacques Rogge, na quinta-feira à noite, quando a presidente visitará a Casa Brasil, espaço para promover o País na Sommerset House.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.